quarta-feira, 20 de junho de 2012

Orações a São Luiz Gonzaga


Devocionário

I. Oração

Ó São Luiz, adornado de angélicos costumes, eu indigníssimo devoto vosso, vos recomendo singularmente a castidade da minha alma e do meu corpo. Rogo-vos, por vossa angélica pureza, que intercedais por mim ante o Cordeiro Imaculado, Jesus Cristo, e sua Santíssima Mãe, a Virgem das Virgens, e me preserveis de todo o pecado mortal. Não permitais que eu seja manchado com nódoa alguma de impureza; mas, quando me virdes em tentação ou perigo de pecar, afastai de meu coração todos os pensamentos e afetos imundos, e despertando em mim a lembrança da eternidade, e de Jesus crucificado, imprimi profundamente no meu coração o sentimento do santo temor de Deus; e inflamai-me no amor divino, para que imitando-vos cá na terra, mereça gozar de Deus convosco no Céu, Amém. Pai Nosso, Ave Maria.
100 dias de indulgência, uma vez ao dia.
Pio VII, 6 de março de 1806. Vid. Beringer – Steinen, t. I, 1921, n. 512, p. 245 -246.

II. Súplicas

1.      Suplico-vos, ó illibadissimo São Luiz, pela vossa admirável pureza, que me deis desejo de vos imitar nesta angélica virtude, vencendo todas as ocasiões de manchá-la, de modo que a conserve inviolada até me unir convosco na celeste bem-aventurança, prometida aos inocentes e limpos de coração. Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
2.      Suplico-vos, ó amabilíssimo São Luiz, pela vossa austera penitência, e pela guarda dos vossos sentidos, que me obtenhais um ódio santo contra mim mesmo e contra o meu corpo, para que, mortificando os meus sentidos, os faça servir de instrumento para honrar e nunca para ultrajar a divina Majestade. Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
3.      Suplico-vos, ó gloriosíssimo São Luiz, pela vitória que alcançastes de vossas paixões, que me alcanceis coragem para domar as minhas, e especialmente a que em mim predomina, de modo que, mortificada e vencida esta, mereça convosco ter coroa de glória imortal. Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
4.      Suplico-vos, religiosíssimo São Luiz, pela vossa obediência tão exata às regras do vosso instituto, e às ordens dos vossos superiores, que me impetreis a graça de observar a lei de Deus e as obrigações do meu estado, para que, fazendo a vontade de Deus na terra, mereça fazê-la eternamente em vossa companhia no Céu. Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
5.      Suplico-vos, ó humilíssimo São Luiz, pelo aborrecimento que tivestes às vaidades do mundo, pondo debaixo dos pés todos os respeitos humanos, me alcanceis o desapego dos bens da terra e o desprezo das máximas do mundo, para que possa caminhar com fervor e perseverança pela senda da divina vontade, e gozar da perfeita liberdade dos filhos de Deus. Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
6.      Suplico-vos, por último, querido São Luiz, coroeis todas as vossas graças com a maior que vos peço, e é que me impetreis do Senhor um ato perfeito de amor de Deus, particularmente no último ponto da minha vida, para que assegure a graça da perseverança final, e antecipe na terra o que desejo e espero fazer bem-aventuradamente no Céu, isto é, amar o meu Deus com toda a perfeição por toda a eternidade. Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
V. Rogai por nós, São Luiz
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos

Ó Deus, distribuidor dos dons celestiais, que no angélico jovem Luiz reunistes admirável inocência de vida com igual penitência, pelos seus merecimentos e orações, concedei-nos, que, pois na inocência o não seguimos, o imitemos na penitência. Por Cristo Senhor Nosso. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Salve Maria!

Atenção, não serão aceitos comentários em caps lock e em anônimo sem identificação.

Obrigada pela visita e comentário :)